Projeto de Ciclovia na capital da Venezuela – Caracas, é vencedor no concurso urbanístico.

A proposta de um sistema de ciclovias para a capital da Venezuela, Caracas, projetado pelos arquitetos Andrea Hernández e Criollo Cruz, ganhou o primeiro prêmio na competição Sistema de Transporte Metropolitano, Caracas. As melhores propostas e mais inovadoras desta competição, que visa promover o ciclismo na cidade, foram recentemente distinguidas pelo Presidente da Câmara Metropolitana de Caracas.

Image

(Image: Andrea Hernández & Cruz Criollo)

 

Descrição do Projeto dos arquitetos:

A proposta CCS Bicicleta incorpora dois tipos de circuitos, um expresso e outro recreativo. A via expressa é uma estrada permanente projetada para operação de mobilidade diária de segunda a domingo. Tem 6 circuitos. Tem dois circuitos que operam a uma altitude de 1001mts que vai de leste-oeste da cidade ligando os espaços públicos mais importantes, como o Parque del Oeste, o Calvário, O Parque Caobos, East Park, etc.

Image

(Image: Andrea Hernández & Cruz Criollo)

 

 

Ambos os circuitos são verdes e são moldados por um sistema de elementos urbanos, tais como:
O listrado inteligente, que são listras verdes cuja intensidade indica canais de tráfego constante e se torna mais denso para indicar a abordagem de semáforos, cruzamentos, etc. A ciclovia é o símbolo para uso exclusivo das bicicletas.
A sinalização urbana contempla, luzes especiais, compostos para a passagem de ciclistas e símbolo  indicando estacionamento de bicicletas.

Image

(Image: Andrea Hernández & Cruz Criollo)

 

As barreiras são dois tipos, o perímetro da ciclovia que servem para proteger e alertar os motoristas e excesso de velocidade que impedem motocicletas ou veículos semelhantes de entrar na ciclovia.
Caixas de espera nos semáforos (bike boxes) servem como uma área de espera para os ciclistas e para fazer uma curva ou mudar de direcção. A largura é de 2,50 m e deve ficar antes a faixa listrada.
A ciclovia deve ter uma largura de 1,20 m a 1,50 m. Ele será localizado no lado esquerdo da estrada ou rua ou avenida. No centro da ciclovia será marcado com um ponto branco para não afectar o pavimento existente.

 

Image

 

(Image: Andrea Hernández & Cruz Criollo)

Bicinodos

São as Metro-bikes (sistema público de aluguel de bicicletas), oferecem estacionamento e ligações aos sistemas de transportes públicos e estão localizadas perto das estações de metrô, paradas de ônibus e Ônibus Metro. A idéia é recuperar espaços residuais dentro da cidade para tornar-se espaços públicos que integre a bicicleta. Os lotes de estacionamento são de três tipos, que pode ser colocados verticalmente dentro de um espaço público existente ou recuperado, a infra-estrutura subterrânea de estacionamento deve ser projetado sobre as estações de metro para locais densificados, e  o indivídual, que não tem custo e pode ser colocados em praças e parques.

BiciBus e Bicivagão

Estes sistemas devem facilitar o transporte dos ciclistas para lugares distantes na Grande Caracas.

Image

(Image: Andrea Hernández & Cruz Criollo)

 

Gestão e financiamento
O sistema vai depender de gestão administrativa da cobertura metropolitana de transporte de quatro corpos dos cinco municípios da Grande Caracas, no entanto, propomos um esquema de gestão descentralizada e co-gestão com os municípios locais, para que a ciclovia como um meio de transporte corresponda a prefeitura metropolitana, enquanto os sistemas de estacionamento público, bem como  bicibuses para prefeituras locais. Nas fases de instalação, tanto da ciclovia e sistema metro, o financiamento viria dos impostos sobre quatro rodas, este imposto seria cobrado pelos municípios locais e direcionado exclusivamente ao financiamento do sistema, destinando metade da taxa anual sobre os veículos particulares com quatro rodas.

 

Image

(Image: Andrea Hernández & Cruz Criollo)

 

Pertinência e viabilidade do projeto
O grande volume de carros particulares nas estradas de Caracas e sua subsequente ocupação da rede rodoviária da cidade e déficit de transporte público na capital, tornam necessário incorporar novas soluções para a mobilidade dentro do espaço da cidade. A adição de um novo sistema de transporte público em harmonia com a estrutura construída de Caracas como CCS ciclismo pretende sistematizar a relação com a bicicleta e a criação de um sistema de transporte público. O valor médio do tempo de transporte de um lugar para outro de bicicleta na cidade pode garantir as rotas mais rápidas superando o desempenho dos veículos particulares, transportes públicos e até mesmo o metrô, em suas circunstâncias atuais, fazendo com que o novo sistema em uma opção viável para o transporte urbano.

Conheça o projeto multiuso batizado de Clube da bicicleta.

Um grupo de arquitetos holandeses desenvolveram um projeto inovador com um design incrível que vai responder a todas as necessidades sentidas pelos entusiastas da bicicleta em um espaço da cidade. Batizado de Clube da bicicleta, o pavilhão multiuso ficará situado em Hainan, na China.

Image

O local será dedicado a todos os fanáticos do ciclismo e vai acelerar ainda mais o amor por este grande esporte. O pavilhão vai ajudar a unir as pessoas e deixá-los suar juntos de uma maneira legal. O bike pavilhão incluirá também um café (colocado no centro) e está sendo construído como parte do desenvolvimento do complexo que a empresa holandesa levou para China. Para manter as temperaturas tropicais, a empresa pensou em dar ao projeto um telhado que irá proporcionar sombra, mas não como qualquer outra construção regular. Isto é, eles decidiram projetar no telhado um velódromo cercado.

Clube da bicicleta é bastante impressionante e é obrigado a injetar algumas doses de aventura para todos que visitam o lugar, aguardamos um projeto desses aqui no Brasil.

Galeria de fotos

Via: Bustler